segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Queiroz suspenso por seis meses

Seleccionador nacional castigado por perturbação em controlo antidoping


Queiroz suspenso por seis meses




O seleccionador nacional foi suspenso por seis meses, por perturbação de um controlo antidoping, anunciou em comunicado a Autoridade Antidopagem de Portugal.
O seleccionador arriscava uma pena mínima de dois anos, mas a Autoridade Antidopagem levou em consideração algumas atenuantes. O castigo foi reduzido para seis meses.
Recorde-se que o seleccionador encontra-se suspenso, devido a um castigo de um mês aplicado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol por alegadas injúrias a membros da autoridade antidopagem durante o estágio da selecção na Covilhã.
E também é bom recordar que corre ainda um processo no Conselho de Disciplina por declarações de Carlos Queiroz ao Expresso.
Carlos Queiroz, em maus lençóis, ao ponto da própria Associação Nacional de Treinadores, já admitir reservas quanto à continuidade do seleccionador no cargo, após o castigo, como afirmou em Bola Branca Silveira Ramos, o presidente daquele orgão.
Silveira Ramos acha muito duro o castigo aplicado a Queiroz, e mostra preocupação pela suspensão hoje aplicada pela Autoridade Antidopagem.
A selecção nos próximos seis meses, disputa quatro jogos da fase de qualificação para o campeonato da Europa de 2012. Os encontros com Chipre e Noruega, e os de Outubro com Dinamarca, no nosso país, e com a Islândia, em Reiquiavique.
O primeiro jogo da fase de qualifcação para o europeu, é sexta-feira em Guimarães, com o Chipre. Segue-se a Noruega em Oslo, dia 7, Queiroz vai também falhar a recepção à Dinamarca, de 8 de Outubro, e o embate na Islândia, a 12 do mesmo mês.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pagina Inicial

Make Money

Ocorreu um erro neste dispositivo